Dermatologista - Clínica Denise Steiner - Dermatologia Dermatologista - Clínica Denise Steiner - Dermatologia
Dermatologista - Clínica Denise Steiner - Dermatologia
Dermatologista - Clínica Denise Steiner - Dermatologia

:: Dermatologia Estética

Estrias

As estrias são cicatrizes suaves em locais onde houve estiramento excessivo da pele, levando a um rompimento prematuro das fibras.

As razões do seu aparecimento não são totalmente claras mas fatores hormonais são relevantes, pois as mulheres são mais suscetível na época da puberdade e gravidez. Na fase as estrias são arroxeadas demonstrando um estado inflamatório da pele. Nesta fase ela é mais fácil de ser tratada com a utilização de lasers que diminuem o eritema e a tendência para cicatriz. A estria vermelha é totalmente diferente da estria branca pois a primeira é considerada a fase inicial, inflamatória, com vasodilatação, e a segunda é cicatricial sem inflamação e com cor esbranquiçada.

Os lasers utilizados para tratamento da estria avermelhada podem ser: laser de Kripton, Fotoderm e os Dye lasers que tem afinidade com o pigmento vermelho.

As estrias brancas representam o aspecto final da estria, já estão consolidadas, não há mais processo inflamatório e são mais difíceis de tratar.

Neste caso, além do aspecto esbranquiçado, existe o afinamento e depressão e quantidade menor de fibras. Os tratamentos utilizados visam a estimulação da pele para que maior quantidade de fibras possa ser produzidas.

A subcisão é uma técnica simples, com a intenção de estimular o processo de produção de fibras da pele.

O procedimento consiste em anestesiar o local com xilocaina 2% e em seguida introduzir uma agulha especial na pele e na região derme / hipoderme, fazer movimentos de vai e vem que estimulem o local e acentuem o mecanismo de regeneração do tecido, havendo então maior produção de fibras.

O local deve ser anestesiado pois o processo é ligeiramente doloroso. A agulha utilizada é especial pois tem uma espécie de lâmina de bisturi muito delicada na sua ponta.

Esta deve ser introduzida na derme que é a parte mais profunda da pele e onde estão localizadas as fibras. Após a introdução da agulha podem ser feitos movimentos rotatórios sempre na disposição da própria estria no sentido paralelo.

Após esta estimulação nota-se a formação imediata de hematoma pelo rompimento de pequenos vasos da pele. A superfície da pele é preservada não havendo cortes de esfoliaçôes. A partir deste ponto a pele automaticamente inicia seu processo de cicatrização com formação de fibras de melhor quantidade e disposição mais regular.

O resultado final será visto dois a três meses depois quando então a pele completou todo este processo.

A subcisão não deve ser repetida em períodos menores do que dois meses no mesmo local, porque ainda não seria possível avaliar os resultados. Comparada a outras técnicas como microabrasão, peelings, mesoterapia, eletroterapia, a subcisão tem mais condições de provocar resultados melhores sem infecção de medicamentos e sem agressão a superfície da pele, evitando o aparecimento de manchas. A formação de hematoma é importante pois tem relação com a agressão que foi feita a pele. Devem ser tomados cuidados locais com as roupas, traumas e falta de higiene para que não haja infecção local.

A subcisão pode também ser usada para as áreas retrateis da celulite (furinhos) e também para cicatrizes de acne ou outras.

É um método que não necessita de materiais caros ou sofisticados, dependendo somente da técnica adequada e de uma indicação precisa.

Lembrar que a subcisão melhora o aspecto da estria, provoca estreitamento e superficialização mas não muda a cor do local.

É um procedimento ambulatorial que deve ser realizado por especialistas habilitados.

Este procedimento vem se associar as técnicas utilizadas para o tratamento das estrias trazendo benefícios estéticos sem riscos significativos.

 

 

 

 

voltar

2004 © - Dermatologia - Dra. Denise Steiner - Dermatologista - Todos os direitos reservados
2004 © - Dermatologia - Dra. Denise Steiner - Dermatologista - Todos os direitos reservados